Home » Equipamento Flutuante » SISTEMAS DE AMARRAÇÃO

SISTEMAS DE AMARRAÇÃO

A Lindley possui uma vasta experiência em projetos de sistemas de amarração para marinas, docas, canais de navegação e rios. Os equipamentos estão preparados para a instalação de fixação por estacas, vigas metálicas, tirantes e bielas, correntes e poitas ou amarrações elásticas.

 

guia estaca

Guia de Estaca

O sistema da guia de estaca é constituído por um anel que envolve a estaca e é fechado junto ao passadiço, ajustando e guiando o mesmo na variação de maré. 

 

As estacas são em tubo de aço de qualidade X50 ou superior, diâmetros de 340 a 610mm com espessura mínima de 10mm.

 

guia-parede

Guia de Parede

O sistema de amarração por meio de guias de parede em vigas de aço galvanizado HEB podem ser fixas ao cais por meio de buchas químicas. 

 

As abraçadeiras das guias de parede são equipadas com material de baixo atrito e com sistemas de absorção de impacto, bem como um dispositivo de ajustamento para minimizar possíveis folgas.

 

Tirantes

Tirantes e Bielas

Os tirantes metálicos podem ser em forma tubular, em 'A' ou treliçados e trabalham à compressão-tensão mantendo o passadiço posicionado relativamente à margem; um conjunto de cabos de travamento cruzados asseguram a rigidez do conjunto e mantém-no paralelo a terra; os sistemas de amarração deste tipo são normalmente calculados para resistir com segurança a correntes com velocidade máxima até 3m/s (aprox. 6 nós).

Correntes

Correntes e Poitas

O sistema de amarração por meio de correntes e/ou cabos é o sistema mais comum para amarração de pontões flutuantes; a solução consiste na utilização de correntes metálicas, que devido ao seu peso, introduzem amortecimento no movimento dos pontões e são ligadas a poitas de betão ou âncoras fixas ao fundo.

Cravação de Estacas

Cravação de Estacas

A Lindley tem capacidade de executar trabalhos de cravação de estacas metálicas para amarração de passadiços, quer em solos arenosos e lodosos quer em aplicações mais exigentes como solos argilosos e rochosos.

Utilizando equipamento modular transportável por via terrestre e com baixo custo de mobilização é possível efectuar trabalhos deste tipo recorrendo a sistemas comprovados e certificados pelas autoridades competentes.